Integração & Inclusão
 
  • A integração norteou por muito tempo as escolas especiais com o princípio da inserção das pessoas deficientes na sociedade, visando a integração do aluno à escola, na dependência do atendimento que lhe era oferecido. Nesse modelo, ao invés de a escola ter que se adequar ao aluno, o aluno é que deve obedecer as exigências da escola. No modelo da integração a escola investe no sentido de adaptar o aluno com necessidades especiais à escola comum, os estudante se prepara em espaços como escolas ou classes especiais para um dia ter acesso ao ensino comum e, o que não se adaptar ao ensino ofertado é excluído, e seu fracasso é porque não mostrou competência para se adaptar às regras da escola. Nas últimas décadas a educação de alunos com necessidades especiais, que tradicionalmente se pautava num modelo de atendimento segregado, tem se voltado para a Educação Inclusiva, onde exige-se ruptura nos sistemas, transformações profundas, com inserção total e incondicional. Na inclusão a escola que tem de estar preparada para acolher todos os alunos e o sucesso ou o fracasso é de responsabilidade de todos. O aluno incluído está dentro das salas de aula regulares, fazendo uso de todos os seus direitos como adequações pedagógicas, recursos de tecnologia, tecnologia assistiva, adaptações de materiais, mobiliário, acessibilidade ...
  • Penso que a inclusão vai além dos muros da escola, é um processo, um ideal para a sociedade, e que hoje ainda estamos plantando a semente e os frutos talvez nem sejamos nós a colher.
 
  • Por – Diane Marli
Redes Sociais:
Visitantes: 249

2 thoughts on “Integração & Inclusão

  1. Hello! This post couldn’t be written any better! Reading this post reminds me of my old room mate!

    He always kept talking about this. I will forward this post to him.
    Pretty sure he will have a good read. Thanks for sharing!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *