10 palestras inspiradoras para Educadores

Olá educadores! Com o mundo globalizado em tecnológico que vivemos, todo professor tem que sempre estar sempre atualizando seus métodos de ensino. Uma boa dica para isso é assistir palestras motivacionais do TED. Pode parecer chato, mas depois que começa, não quer parar mais. Disponibilizamos alguns vídeos aqui para educadores verem de graça e terem novas ideias em sala de aula.

O que é o TED?

TED (Technology, Entertainment, Design; em português: Tecnologia, Entretenimento, Design) é uma fundação privada sem fins lucrativos dos Estados Unidos, mais conhecida por suasconferências na Europa, Ásia e EUA destinadas à disseminação de ideias. Segundo as palavras da própria organização: “ideias que merecem ser disseminadas”. Suas apresentações são limitadas a dezoito minutos, e os vídeos são amplamente divulgados gratuitamente na Internet.

Essas conferências, chamadas de TED Talks, são uma importante fonte de inspiração para os educadores que precisam de um impulso moral, gerar novas discussões ou uma nova perspectiva. Suas mensagens são de valor inestimável para os educadores que trabalham incansavelmente para inspirar a criatividade, motivação e determinação em seus alunos.

Todos os vídeos que colocamos como dica aqui, estão em inglês. Vamos a eles:     The Danger of Silence (O Perigo do Silêncio)

O poeta e professor Clint Smith incentiva os telespectadores a se posicionar contra a ignorância e a injustiça. Ele começa com palavras de ninguém menos que o Dr. Martin Luther King Jr: “No final, nós nos lembraremos não das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos”. É sobre essa frase que ele baseia um dos princípios em sua sala de aula: sempre dizer a sua verdade. Este é o TED Talk que você deve compartilhar com seus alunos para mostrar-lhes que o silêncio pode ser perigoso, e que suas vozes e opiniões têm valor.

    Why Lunch Ladies are Heroes (Por que atendentes da cantina são heroínas)

O autor de livros infantis Jarrett Krosoczka foca seu TED Talk nas merendeiras, ou aquelas mulheres que atendem nas cantinas nas escolas. Ele indica que essas atendentes geralmente são desrespeitadas, apesar do que fazem para cuidar dos alunos, desde relatar preocupações até alimentar as crianças durante as férias. Krosoczka lembra os educadores que uma forma de incentivar a gratidão e o agradecimento nas escolas, é começando pelas atendentes das cantinas. Com isso, você pode criar uma atmosfera muito mais positiva e produtiva na escola.

    My Daughter, Malala (Minha Filha, Malala)

Malala Yousafzai é uma adolescente que foi baleada na cabeça por um atirador do Talibã, por defender a educação para meninas no Paquistão. E recentemente, se tornou a pessoa mais jovem a ganhar um Prêmio Nobel na história. Seu pai, Ziauddin Yousafzai, um professor paquistanês, explica que a educação em países em desenvolvimento, proporciona uma identidade às garotas e é equivalente à emancipação. Ele descreve o poder que essa luta de Malala teve e que sua mensagem positiva de não cortar suas asas e deixa-la livre para lutar como pudesse, acaba influenciando educadores que sabem que toda criança merece acesso à educação. Yousafzai lembra os professores o valor de seu trabalho e poder que a educação proporciona às crianças.

    Embrace the Near Win (Abrace a Quase-Vitória)

A historiadora de arte Sarah Lewis descreve o momento em que ela se deu conta de nem toda obra de arte é uma obra prima, e relaciona os “quase-fracassos” e “quase-vitórias” para o sucesso e a motivação. Ela explica que o sucesso nos motiva, mas as “quase-vitórias” nos impulsiona ainda mais. Por exemplo, medalhistas de prata entram muito mais motivados para a próxima competição do que quem ganhou medalha de bronze. Essa é uma lição muito importante para educadores, já que nos lembra que os estudantes devem ver seu valor em seus erros e ainda que deve-se enconrajá-los a estabelecer metas a curto prazo.

    Success, Failure, and the Drive to Keep Creating (Sucesso, Fracasso e o Caminho para Continuar Criando)

Depois de 6 anos de rejeição, a autora Elizabeth Gilbert alcançou um sucesso estrondoso com seu livro (e posteriormente, filme) “Comer, Rezar, Amar”. No entanto, ainda assim, ela sentia como se tivesse sido um fracasso. Gilbert explica que o sucesso e o fracasso nos leva tão longe de nós mesmos, que nos perdemos. A única maneira de lidar com sucesso e fracasso é voltar para casa, para suas raízes, para as coisas que amamos. E a casa dos professores é a sala de aula, fazendo o que amam.

    Teach Teachers how to Create Magic (Ensine Professores a Criar Mágica)

O professor veterano, Christopher Emdin quer que professores aprendam a criar magia para envolver os alunos e ensinar ao mesmo tempo. Ele ressalta que os programas de preparação de professores não instruem de forma envolvente, mas os administradores esperam que os professores o façam. Emdin defende que os programas de formação de professores se concentrem em habilidades básicas. O próprio Talk serve como um modelo de engajamento, e os educadores podem aplicar imediatamente as estratégias da Emdin em suas próprias salas de aula.

    How Your “Working Memory” Makes Sense of the World (Como sua “memória de trabalho” Faz Sentido do Mundo

A bem humorada e esclarecedora conferência do psicólogo educacional Peter Doolittle, descreve o quão importante, apesar de limitada, é nossa memória em uso. Essa memória nos proporciona fazer coisas como armazenar experiências imediatas, trazer informações de memórias antigas e processar os conhecimentos para objetivos atuais. Pessoas com capacidade de grande uso da memória são bons contadores de histórias, se dão bem em testes padronizados e tem grande habilidade para escrita e raciocínio. Este vídeo mostra aos educadores como eles podem ajudar os estudantes a assimilar as informações e processá-las, permitindo-lhes falar e escrever bem sobre a sua aprendizagem e estruturar o conhecimento de uma forma organizada.

    Every Kid Needs a Champion (Toda Criança Precisa de um Herói)

Educadora por 40 anos, Rita Pierson entende a importância dos professores terem fé em seus alunos e se conectar com eles em um nível mais pessoal e significativo. Com humor e paixão, ela defende a relação entre professores e estudantes e dá exemplo de como essa relação fez do seu trabalho muito mais gratificante e fez as conquistas dos alunos possível. Este popular TED Talk nenhum educador, praticando ou aposentado, deve perder, porque nos lembra do papel crucial que desempenham na vida dos nossos alunos.

    How to Escape Education’s Death Valley (Como Escapar do “Vale da Morte” da Educação)

Sir Ken Robinson é conhecido por suas palestras bem humoradas e perspicazes sobre educação. Nesta palestra, ele aborda a taxa de abandono escolar e número de alunos desinteressados na América. Ele destaca como as práticas educacionais atuais trabalham contra os três princípios que são essenciais para a mente humana florescer, e explica claramente como sistemas bem sucedidos apoiam a aprendizagem e ensino. Usando uma metáfora de “vale da morte”, Robinson defende uma revolução para inspirar verdadeiro ensino e aprendizagem para ajudar o nosso sistema educacional florescer. Os educadores irão apreciar discussão franca de Robinson e considerar como eles podem obter os seus alunos a florescer.

    The Key to Success? Grit (A Chave para o Sucesso? “Grit”)

Angela Lee Duckworth deixou um trabalho de consultoria para ensinar matemática na sétima série de uma escola pública de Nova York, e percebeu que o QI não foi o fator principal que separava os alunos bem sucedidos dos que tinham dificuldades. Depois de sair da sala de aula para se formar em psicologia, Duckworth estudou alunos em vários níveis e descobriu que um fator chamado “grit”, prevê o sucesso. Grit significa ter a energia, paixão e perseverança para perseguir objetivos a longo prazo. Para os educadores para construir “grit” nos alunos, eles devem promover uma mentalidade de crescimento em crianças e ensinar-lhes que o fracasso não é permanente. Em vez disso, os alunos precisam aprender com os erros e seguir em frente. Uma lição essencial que os professores devem incorporar em suas tarefas educativas diárias.

Com essas dicas, você já pode começar a diversificar seu método de ensino e ajudar seus alunos cada vez mais, tanto profissionalmente, quanto pessoalmente.

Até mais!  
Redes Sociais:
Visitantes: 235

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *