Painel Sensorial: Habituação em Alteração Sensorial
  • São relativamente fáceis de fazer, dão inúmeras possibilidades de trabalho e podem ser usados em todos os programas. Para crianças com alterações sensoriais, são de grande valia: Eles são auxiliares em um processo chamado “habituação”.
 
  • “Habituação é a diminuição espontânea e progressiva das respostas a um estímulo não nocivo (som, ruído, cheiro, dor, aflição), quando se permanece em contato o tempo necessário, ou quando ele é repetidamente apresentado. É um fenômeno natural e responsável pelo fato de se tolerar e até deixar de sentir estímulos desagradáveis ou desconfortáveis como cheiros, fumaça, ruídos, músicas, mudanças de temperatura” Cordioli, 2014.
 
  • Em poucas palavras, painéis sensoriais tem como objetivo a  diminuição da resposta sensorial e autonômica.
 
  • “Sabe-se que há habituação (ou menor resposta sensorial) quando há decréscimos da responsividade decorrentes de uma estimulação monótona são atribuídos a processos do SNC. Tais processos poderiam envolver, por exemplo, modificações nas sinapses da via S–R, participação ativa de circuitos neurais paralelos à via S–R, atuação específica de determinados “centros” neurais ou uma combinação desses fatores”(SATO, 1995)
 
  • Como é sabido que “Exposições prolongadas são mais efetivas do que exposições rápidas”, o bacana de um painél destes é a confecção em madeira, ou outro material durável, estando ao alcance da criança. Seja na clinica ou em casa, existem formas, tamanhos, texturas e opçoes diversas!
 
    fonte: Nadja Favero
Redes Sociais:
Visitantes: 160

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *