Sistema Vestibular e Autismo
 

O sistema vestibular nos permite manter o tônus ​​muscular, coordenar ambos lados do corpo, manter a cabeça ereta contra a gravidade,coordenar a cabeça, movimentos dos olhos e do corpo e manter o equilíbrio. Este sistema recebe informações através do ouvido interno,sobre equilíbrio, gravidade,movimento, e mudanças de posição no espaço. Ela está intimamente relacionado ao sistema auditivo, que também tem receptores sensoriais no ouvido interno (King, 2002 ).

   

Muitas crianças no espectro autista têm dificuldade em processar as informações do sistemavestibular e podem ser mais reativas aos estímulos percebidos pelo sistema vestibular (Hoekman, 2005). A criança que é mais reativa pode sentir-se enjoada com o movimento do carro ou em um balanço e com isso tentar evitar o movimento excessivo. Em contraste, uma criança que é sub reativa aos estímulos do sistema vestibular estará em constante movimento,girando ou chacoalhando os braços, mãos ou coisas. A criança pode ter falta de equilíbrio efrequentemente esbarrar em coisas ou pessoasAmbas crianças com dificuldade do processamento no sistema vestibular, terão problemas com interações, bem como com a atenção compartilhada. 

     

Muitos terapeutas têm observado aumento na produção da fala após a estimulação vestibularpor causa da relação estreita entre o sistema auditivo e o sistema vestibular (Ayers, 1979;.Yack et al, 2002). Por esta razão, estimular o sistema vestibular pode ser uma boa estratégiaquando se quer promover a produção da fala em uma criança. Porque o aparelho vestibular fornece as informações de equilíbrio, gravidade e movimento, apenas com relação à cabeça, não pode realizar ajustes posturais por conta própria. Sensores no pescoço e talvez em outros músculos posturais são extremamente importantes na sinalização de alterações de equilibrio para o sistema nervoso central na relação entre a cabeça e o corpo. Estes dois sistemas funcionam em conjunto com os olhos para formar um sistema de controle notável que nos mantém em posição ereta em uma ampla variedade de posturas estáveis ​​e instáveis.

     

O papel do abdomem na postura é crucial, baixo tônus muscular na região do abdomem afetará o bom funcionamento do sistema vestibular, não permitindo que a pessoa possua "livre energia" para focar a atenção em outros aspectos, sociais por exemplo, e esteja num constante monitoramento do corpo para poder manter o equilíbrio ou uma posição.

fonte umavozparaoautismo  
Redes Sociais:
Visitantes: 124

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *