Mas, o que é o Autismo?

  • Sempre vale lembrar que ninguém é obrigado a saber o que é autismo, que aliás chama-se oficialmente Transtorno do Espectro do Autismo (você verá muitas vezes sendo mencionado apenas como a sigla: TEA). É uma complexa síndrome que afeta três importantes áreas do desenvolvimento de uma pessoa: a comunicação, a socialização e o comportamento. Autismo ainda não tem cura e pode se apresentar em vários níveis diferentes de comprometimento, que é chamado de espectro. No espectro do autismo podem ter pessoas com prejuízos mínimos nessas três áreas, e até nem saber que é autista por muitos anos, até pessoas com graves comprometimentos. Autistas podem ser verbais (falarem normalmente) ou não-verbais — e se quiser saber mais sobre o assunto tem vários artigos e reportagens no site  da Revista Autismo com todo conteúdo inteiramente gratuito.
 
  • Nos Estados Unidos, as pesquisas mais recentes do CDC (Centers for Disease Control and Prevention — órgão do governo que faz o controle de doenças e prevenção) apresentam números alarmantes: 1 autista para cada 68 crianças de até 8 anos de idade(número sustentado desde a pesquisa de 2010 com informações referentes a 2002). Se considerarmos somente meninos, o número é de 1 em 42; para meninas, é 1 em 189. Como autismo não tem (até onde se sabe) nenhuma relação com qualquer região do planeta, situação sócio-econômica ou etnia, esse é considerado um número mundial pela falta de outras estatísticas. No Brasil, por exemplo, temos apenas uma estatística até hoje, um estudo de 2011, realizado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em Atibaia, de 1 autista para cada 272 habitantes — a pesquisa foi feita num bairro de 20 mil habitantes da cidade paulista.
   
  • fonte Revista Autimo
Redes Sociais:
Visitantes: 117

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *