Sugestões para o trabalho com Baixa Visão

  • - Ensine o estudante sobre sua deficiência e sobre o que eles podem ver ou não poder ver bem (muitos não tem consciência disso).
 
  • - Os estudantes com baixa visão deverão trabalhar olhando para os objetos e para as pessoas (alguns apresentam comportamento de cegos, olham para o vazio. Peça para que “olhe” o objeto ou pessoa em questão).
 
  • - Ajude-o a desenvolver comportamentos e habilidades para participar de brincadeiras e recreações junto com os colegas, facilitando o processo de socialização e inclusão.
 
  • - Oriente o uso de contraste claro e escuro entre os objetos e seu fundo.
 
  • - Estimule-o a olhar para aspectos como cor, forma e encoraje-o a tocar nos objetos enquanto olha.
 
  • - Lembre-se que o uso prolongado da baixa visão pode causar fadiga.
 
  • - Seja realista nas expectativas do desempenho visual do estudante, encorajando-o sempre ao progresso.
 
  • - Encoraje a coordenação de movimentos com a visão, principalmente das mãos.
 
  • - Oriente o estudante a procurar recursos como o computador pois, ele se cansará menos e aumentará sua independência.
 
  • - Pense nos estudantes com baixa visão como pessoas que vêem.
 
  • - Use as palavras “olhe” e “veja” livremente.
 
  • - Esteja ciente da diferença entre nunca ter tido boa visão e tê-la perdido após algum tempo.
 
  • - Compreenda que o sentido da visão funciona melhor em conjunto com os outros sentidos.
 
  • - Aprenda a ignorar os comentários negativos sobre as pessoas com baixa visão.
 
  • - Dê-lhe tempo para olhar os livros e revistas, chamando a atenção para os objetos familiares. Peça-lhes para descrever o que vê.
 
  • - Torne o “olhar” e “ver” uma situação agradável, sem pressionar.
  • OBS: Deve-se evitar fazer tudo pelo estudante com baixa visão para que ela não se canse ou se machuque. Ele deve ser responsável pelas próprias ações.
Redes Sociais:
Visitantes: 216

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *