Adaptações para estudantes com TEA II
  • Adaptações para o Estudante 
  • Por prof. Diane Marli
 
  • Dentro do processo do aprendizado do aluno de Inclusão é necessário o emprego de ferramentas, que vem proporcionar planejamento e efetividade. É fundamental que toda a equipe pedagógica envolva-se no acompanhamento do processo de evolução do estudante, com o traçar de metas, objetivos, avaliação diagnostica, plano de ensino e metodologias diferenciadas.
 
  • Conhecer o estudante – família (comportamento em casa), médicos que o acompanham, profissionais especializados, terapias , terapeutas...
  • Comportamento – Agressividade, birra, insegurança
  • Locomoção
  • Gostos
  • Sono
  • Adaptação de Materiais – (lápis, cadeira, mesa, apoio para os pés, plano inclinado)
  • DPS – Qual área? Hiper/ Hipo?
  • Conhecer - Competências/ Habilidades
  • Comunicação – Linguagem expressiva (fala) Receptiva (compreensão) verbal, semi verbal, ecolalia
  • Habilidades Sociais – Contato com o outro, como reage as regras sociais;
  • Habilidades para brincar – como manipula o brinquedo, brinca com os brinquedos de forma funcional, tem fixação por determinado brinquedo;
  • Habilidades motoras – eficiência motriz, andar pelos espaços, motricidade fina/global;
  • Processamento Sensorial – Visual, auditivo, gustativo, Tátil, olfativo;
  • Estereotipias – quais? quando?
  • Acadêmica – Língua portuguesa, Matemática... (Lê, reconhece vogais, alfabeto, junções, lê, nível silábico... Matemática (numerais até ... , oralmente, associa/ quantidade)
  • Adaptação de metodologias e encaminhamentos/ Questões comportamentais
  • Estabelecimentos de metas e objetivos a curto, médio e longo prazo (permanência em sala, execução de tarefas (2 tarefas, 3 tarefas...)
  • Ensino de comportamentos aceitáveis – (regras de sala de aula)
  • Desestruturação – Estímulos antecedentes e conseqüentes
  • Autonomia e independência - Estipular metas e estratégias para comportamentos alvos sempre de forma gradativa ( com dicas reforçando cada conquista)
  • Reforço positivo – Ganhar elogios, momentos no parquinho, brincar com massinha, caixa de percepção sensorial, para manutenção ou modificação do comportamento, motivar elogiar o sucesso ..
   
  • Abraços Inclusivos!
  • prof. Diane Marli
Redes Sociais:
Visitantes: 211

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *