Língua de sinais
  • Olá colegas,
  • A língua de sinais utiliza gestos e sinais no lugar das palavras. Como não depende de sons, possibilita que pessoas surdas se comuniquem umas com as outras e com indivíduos que aprenderam a se expressar nesse sistema. Assim como há vários idiomas, existem também diversas línguas de sinais ao redor do mundo. Por exemplo: 
  • Libras = Língua Brasileira de Sinais (Brasil) 
  • LGP = Língua Gestual Portuguesa (Portugal) 
  • ASL = American Sign Language (Estados Unidos) 
  • LSA = Lengua de Señas Argentina (Argentina) 
  • LSF = Langue des Signes Française (França) 
 
  • Libras
  • Língua Brasileira de Sinais (Libras) é reconhecida como meio de comunicação e expressão desde 24 de abril de 2002, de acordo com a Lei nº 10.436. Logo, es assegurado pelo poder público apoio para seu uso e difusão nas comunidades surdas. Os sistemas federais, estaduais e municipais devem garantir a inclusão do ensino da língua em cursos de formação que envolvem educação e educação especial
  • A importância da educação inclusiva

    Apesar dos avanços, pessoas com deficiência ainda encontram barreiras para estudar, e educação é fator fundamental para a inclusão socialDos 10 milhões de portadores de surdez que vivem no Brasil, apenas 7% têm ensino superior completo, 15% estudaram até o ensino médio, 46% frequentaram até o fundamental e 32% não têm nenhum grau de instrução. Essa situação se torna ainda mais grave, pois poucos educadores dominam Libras, mesmo sendo uma das línguas oficiais do país.  

Redes Sociais:
Visitantes: 102

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *