Gestão de comportamentos
  • por Diane Marli
  • Olá colegas,
  • Quando recebemos  estudantes com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), sabemos que alguns poderão apresentar comportamentos inadequados. Trabalhar com  essas situações pode ser um processo complicado, pois uma criança com autismo pode mostrar maior dificuldade para controlar essas condutas. Vale lembrar que grande parte dessas reações, são formas de  manifestação de  desejos e necessidades.
  • No quadro abaixo, segue algumas  sugestões de auxílio e  manejo de comportamento, com enfoque na previsibildade, ou seja, na construção de um plano de intervenção (controle) com foco na  diminuição de comportamentos inadequados.
  • Vale lembrar que essas são algumas formas de modificar o ambiente para prevenir comportamentos inadequados, ou seja, a intervenção precisa ser implementada antes do comportamento inadequado ocorrer.
  • Abraços Inclusivos!
Redes Sociais:
Visitantes: 83

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *